segunda-feira, 18 de maio de 2009

VIVER DE IMPROVISO

Durante muito tempo, demasiado, vivi como se estivesse a seguir um guião que estudara ao pormenor. Conhecia o início da história e como se desenrolaria até ao final feliz! Naqueles dias não me apercebia que me encontrava espartilhada por um argumento. Estava demasiado ocupada em desempenhar o meu "papel". Foram dias recheados de certezas e de sonhos feitos realidade. Claro que havia rotinas e problemas, enredos e contratempos... mas todas as histórias, mesmo as de final feliz são assim. Até ao dia em que fiquei sem saber qual a minha fala e não havia ninguém que ma segredasse... A vida já não seguia a história que lhe haviam escrito. Senti o chão a escapar-me vertiginosamente e as imagens a rodopiarem à minha volta numa sucessão desconexa. Sem compreender o que se passava senti-me desfalecer. Cambaleei insegura e sem as frases certas apenas emitia uma sequência desordenada de palavras... Mesmo sem guião sabia que tinha de continuar, porque do palco da vida não se pode fugir. Após tanto tempo a viver uma vida programada era-me difícil voltar a improvisar. Mas tive de o fazer, de início contrafeita e indignada com a mudança ocorrida, mas depois aprendi a apreciar a espontaneidade das frases e das surpresas que elas proporcionam. Hoje, permito-me palmilhar caminhos que não sonhara e saboreio as descobertas que vou fazendo. Olho sem ansiedade para as folhas brancas que seguro nas mãos.

11 comentários:

Maria disse...

Eu diria... viver uma vida nova, viver de novo...

:))
Beijo, sunshine

mjf disse...

Olá!
Eu por vezes assusto-me com o improviso...
Gostava de poder ter tudo controlado :=)

Beijocas

CarlaSofia disse...

estive a ler o teu texto e revejo-me também. Há já algum tempo vivo o presente em contínua descoberta e improviso. Planos a longo prazo deixaram de fazer sentido...
beijinhos

O Profeta disse...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço


Boa semana



Doce beijo

Violeta disse...

é sinal que estás a renascer... mais forte!

Carla disse...

acredita que fico feliz por teres conseguido essa mudança...não é um caminho fácil de trilhar
beijos

provokactor disse...

...mas, a vida não é um palko improvisto!? kom forma de folha?

ventinhos

Vento disse...

A vida é isso mesmo, há que improvisar constantemente...

Beijo

f@ disse...

Olá Su,

Improvis a r... respirar o sabor da surpresa ...

sempre o sonho no baloiço imenso da vida... como sentar nas ondas... a tocar as nuvens

imenso beijinho

O Profeta disse...

Quero ser pássaro com penas azuis
Atirar as penas à verdadeira alegria
Voar sempre na procura do sul com norte
Num secreto caminho sem estrela guia

Quero ser barco que foge ao farol
Quero que o vento dance nos brandais
Quero ser viagem de rumo incerto
Quero ser a descoberta na procura do mais


Uma boa semana


Mágico beijo

Vermelho morango disse...

lindo. ás vezes parece assustador mas outras vezes enche-nos o coração de tanta alegria que nos tráz.