sábado, 13 de setembro de 2008

ETERNAMENTE



Sabes, quem não acredita em Deus, acredita nestas coisas, que tem como evidentes. Acredita na eternidade das pedras e não na dos sentimentos; acredita na eternidade da água, do vento, das estrelas. Eu acredito na continuidade das coisas que amamos, acredito que sempre ouviremos o som da água no rio onde tantas vezes mergulhámos a cara, para sempre passaremos pela sombra da árvore onde tantas vezes parámos, para sempre seremos a brisa que entra e passeia pela casa, para sempre deslizaremos através do silêncio das noites quietas em que tantas vezes olhámos o céu e interrogámos o seu sentido. Nisto eu acredito: na veemência destas coisas sem princípio nem fim, na verdade dos sentimentos nunca traídos.
E a tua voz ouço-a agora, vinda de longe, como o som do mar imaginado dentro de um búzio. Vejo-te através da espuma quebrada na areia das praias, num mar de Setembro, com cheiro a algas e a iodo. E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente.
in "Não te deixarei morrer, David Crocket" de Miguel Sousa Tavares
Por falta de disponibilidade tenho andado afastada deste e dos vossos espaços. Quando tudo voltar aos seus devidos lugares retomarei as minhas visitas de que tanta falta sinto.

20 comentários:

f@ disse...

POIS... O MAIS IMPORTANTE GUARDA-SE
LEMBRANÇAS...PEDRAS PÉTALAS E BEIJOS ... DAS NUVENS

NOCTURNO disse...

Para sempre...

Beijo Nocturno

D.Antónia Ferreirinha disse...

Também a mim me falta em muito, a disponibilidade.
Beijinhos.

R Lima disse...

Qdo puder vem apreciar um fim..

vim anunciar o fim


Texto de hoje: o fiM...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

mjf disse...

Olá!
A tua ausência eu já tinha notado ;=(
Espero que esteja tudo bem

Beijocas
Boa semana

BlueVelvet disse...

Mudáste o teu cabeçalho ou só agora dei por isso?
Tenho este livro e gosto muito da última frase do excerto que escolheste.
Volta assim que puderes, e também quando puderes não te esqueças da minha imagem.
Beijinhos linda

Carla disse...

entretanto passamos por aqui para vermos as maravilhosas pérolas que nos ofereces
beijos

Patti disse...

Já tinha sentido a tua falta.
Restabelece-te e volta quando quiseres. Cá estaremos.

O Profeta disse...

As pedras desta ilha não têm idade...


Doce beijo

Maria disse...

Quando puderes, quando te apetecer...
... um dia, daqui a um tempo...

Beijos

O Profeta disse...

Frágil e palpitante luz
A beleza é feita de ternos murmúrios
A voz quebra a quietude do silêncio
A chuva leva a terra ao encontro dos rios

Não há fracassos no sonho
Caminhei nas nuvens para te ver do alto
Abri os braços ao relâmpago
Desci à terra, senti nos pés o frio basalto


Vem comigo escolher o caminho


Mágico beijo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Tempo é também um bem escasso cá para os meus lados. Vamo-nos encontrando po aí...

lua prateada disse...

A gentileza e o amor de uma pessoa podem mudar a vida de milhares,por isso neste fim de semana dá a todos que encontrares o amor e gentileza de que precisam.
Óptimo fim de semana...
Beijinho prateado com carinho

SOL

jasmimdomeuquintal disse...

Não te preocupes, haverá tempo; entretanto cuida de ti, do teu corpo, do teu coração, da tua alma.
Cá te esperamos!

LuzdeLua disse...

Obrigada pelas visitas
Deixo-te um abraço afetuoso
Logo espero poder retornar
Bjs

NOCTURNO disse...

E quando voltares estarei cá à tua espera.

Beijo nocturno

O Profeta disse...

Olhos brilhantes maré tardia
Cabelos rebeldes em desalinho
Pés descalços no, frio barro
Um berlinde atirado ao caminho

Um bando de alegres pardais
Ou um domador de tempestades
Apenas um pássaro charlatão
Dividindo o pão em metades


Vem mergulhar com os Capitães do Calhau


Mágico beijo

O Profeta disse...

Olhos brilhantes maré tardia
Cabelos rebeldes em desalinho
Pés descalços no, frio barro
Um berlinde atirado ao caminho

Um bando de alegres pardais
Ou um domador de tempestades
Apenas um pássaro charlatão
Dividindo o pão em metades


Vem mergulhar com os Capitães do Calhau


Mágico beijo

Coragem disse...

Espero que esteja tudo bem por estes lados, faz-me falta, tudo o que escreves...

Beijinhos

O Profeta disse...

Passei para te deixar um terno beijo...