sexta-feira, 10 de outubro de 2008

RECOMEÇA

Recomeça...
Se puderes,
sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
nesse caminho duro
do futuro,
dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.
E, nunca saciado,
vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar
e vendo,
acordado,
o logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
onde, com lucidez, te reconheças.

Miguel Torga

Este poema foi-me enviado por uma amiga.
É uma pessoa especial:
diz que não gosta de poesia, mas envia-me um poema,
consegue ouvir as palavras que não digo,
sabe como fazer sentir a sua presença em todos os momentos.
Para ela vai o meu muito obrigada.

9 comentários:

BlueVelvet disse...

Pois essa tua amiga, mandou-te um poema soberbo, do qual retive algumas passagens importantes:
Recomeça...
Se puderes,
sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
nesse caminho duro
do futuro,
dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.
Afinal, Torga é sempre Torga.
Beijinhos e bom fim-de-semana

Maria disse...

E tu és também uma pessoa especial por partilhares connosco o poema do Torga que a tua amiga te mandou...

Beijinho

Carla Sofia disse...

Quantas vezes temos de recomeçar na nossa vida! Mas em cada recomeço alcançamos e conquistamos um pouco mais de nós próprios.
Beijnhos
:)

O Profeta disse...

Um oferta cheia da luz da sabedoria em sábias palavras....



Doce beijo

Késia Maximiano disse...

E q não seja um recomeço.. ams um novo começo..


Bjos

NOCTURNO disse...

Belo poema do Sr. Torga...

Querer tem de ser por inteiro, porque metade saberá sempre a pouco.

Beijo nocturno

em azul disse...

Os amigos têm dessa coisas... sabem-nos (por vezes de cor)!
Miguel Torga... acho que devia ser um homem azul!
Eu não me vou esquecer, obrigada.
Abraço grande
em azul

Carla disse...

assim é a amizade...tem uma voz especial para nos cantar coisas belas ao ouvido
beijos

f@ disse...

Uma amiga com um sentido apurado do valor da vida em pleno...
Beijinhos das nuvens