quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

DOR DE DENTES....OU MELHOR DOR DE PRÓTESE


Há uns anos atrás, para aí há 6 anos, coloquei uma prótese dentária, com um dentinho apenas, fixa. Não sei se sabem do que estou a falar: uma coroa com uma espécie de parafuso que fica colocada na gengiva, no lugar do dente original. Primeiro esteve provisória, para averiguar se não havia problemas de alergias e há 4 anos, atentem bem há 4 anos, passou ao estatuto de definitiva. Estava feliz com ela, não se distinguia dos outros dentinhos, mastigava como deve ser e não me provocava qualquer desconconforto. Até que há três semanas, sem mais nem menos, decidiu cair. Fui à minha dentista que me disse esse ser um caso raro e que após as devidas desinfecções voltou a colocá-la no lugar: 1º molar superior esquerdo (não sei se é bem assim que ela designaria a sua localização). O problema é que ontem a gengiva começou a doer, só uma moinhazinha, nada de grave. Deveria ter feito o que a minha querida amiga Sani me teria sugerido perto da meia-noite: "Vai às urgências!" Mas este é um local de que não gosto especialmente e de certeza não era a minha escolha para a passagem de ano. Assim, fiquei toda a noite bem sossegadinha na cama, sem me poder virar, com dores e sem analgésicos que fizessem qualquer efeito. Pela manhã li que a Maria me recomendava, nada mais nada menos, uma ida a Cuba, onde todos nós sabemos que a medicina se encontra bastante desenvolvida. A Olá apareceu de faca em riste e discutiu com a Coragem, mulher de não ficar parada perante as dificuldades, qual dos métodos tradicionais seria o mais eficaz para por fim ao meu sofrimento: retirá-la utilizando o famoso utensílio da Olá ou amarrar uma ponta de um barbante à prótese e a outra a uma porta. Para ambas as sugestões faltava a anestesia! Para tal prontificou-se o Profeta com o meio copo de cidra que lhe sobrava. As duas declararam a quantia insuficiente... O meu amigo Nocturno interveio afirmando que se tivesse aceitado a sua proposta de ir ao Alaska nada disto me teria acontecido, uma vez que as temperaturas por aquelas bandas não são nada propícias ao desenvolvimento de infecções. A minha querida Violeta, sempre atenta aos meus problemas, veio desejar-me que encontrasse a chave para o problema o mais breve possível. A Carla Sofia também me animou desejando que neste "primeiro dia do ano ...dê o primeiro passo na conquista de um sonho meu". Do F.M. chegou-me uma prenda de Natal atrasada (tal como o livro, estás desculpado com a história da insularidade) uma caixa com uns pós de "perlimpimpim" e a f@ disponibilizou-se imediatamente, lá do infinito das suas nuvens, a salpicar-me com estes pózinhos mágicos. A minha querida Blue Velvet disse-me para aguardar com esperança as previsões que o Carlos irá publicar nas suas Crónicas e aconselhou-me a Recomeçar... Presente nesta minha humilde casa desde o início e acabado de chegar de Madrid, o Professor Manuel Damas, apesar de afirmar esta não ser a sua especialidade, em apenas um minuto enviou-me uma receita electrónica e sugeriu-me cuidados com a higiene oral.

10 comentários:

Maria disse...

Lindo, Sunshine!
Que imaginação logo no primeiro dia do ano! Promete, sim senhora...

Esperando que a dor tenha passado desejo-te Bom Ano todos os dias.

Beijinhos

Nocturno disse...

Começas bem sem dúvida, não desistas da viagem...

:)

Beijo

mjf disse...

Olá!
Uma dor de dentes deve ser horrivel...
Vim matar saudades...tenho andado um pouco ocupada com problemazitos ( que deixei em 2008)...
Agora estamos em 2009....com grande garra ;=))

Beijocas

ps-as tuas melhoras

Sani disse...

lololololo!! Querida amiga, sinto que este teu sentido de humor brilhante se refelterá na tua nova vida de 2009!!E espero que todas as dores de dentes de 2008 já estejam saradas!! Ah e se não estiverem, temos sempre as Urgêcias lololo!!!
Beijos saudosos!!
Sani
Até 2ºfeira!!!

Carla Sofia disse...

Oh minha querida, dor de dentes... ai ai. Uma semana antes do Natal também tive um dente a moer-me o juízo e teve de ser arrancado.
A tua história está incrível. Não te esqueças do teu sonho, mas primeiro trata do dentinho. As melhoras eu sei o que isso custa.
Envio-te muitas estrelinhas para te ajudarem a ficares boa rapidamente.
beijocas de Luz

Coragem disse...

Ai dor de dentes, que pavor, menina, espero que hoje esteja bem melhor e que a Olá não tenha feito o serviço a sangue-frio ehehehhe

As melhoras, e dizem (eu confirmo)que começar mal o ano é um bom presságio :)))


Beijinho e um ano Feliz

Violeta disse...

Estou a ver que as dores de dentes dão muita inspiração. parabéns, está muito bem escrito e com humor.
Espero que melhores e que a dentista não te depene...

BlueVelvet disse...

Querida Sunshine,
só tu mesmo para te dares ao trabalho, com uma dor de dentes, ou melhor, de próteses,de fazer um post enorme como este dedicado a todas as pessoas que gostam de te ler ao longo do ano.
É das coisas piores que me podem acontecer é doer-me os dentes, tanto mais que tenho pvor de dentistas.
Desejo-te rápidas melhoras e muito bom 2009.
Beijos, beijos e mais beijos

f@ disse...

Isto chama-se começar com um salto até ao infinito... ainda passas das nuvens... original e engraçado... raios de sol e pequenas gotinhas de orvalho...
continuação de originalidade e inspiração ...
Beijinhos das nuvens

f@ disse...

lol... eu fiquei convencida que a dor era a brincar... mas para o caso de doer mesmo... sério que Cuba é a melhor sugestão...
beijinhos e as melhoras...