sábado, 19 de abril de 2008

INTIMIDADE

Não sei viver
Sem o cheiro do mar,
Sem o brilho do Sol,
Sem a terra entre as mãos.
Gosto
Do rebentar das ondas,
De sentir o vento no rosto,
Do cheiro da terra orvalhada,
Do verde dos rebentos da Primavera.
Não quero viver
Sem procurar os teus olhos,
Sem o toque das tuas mãos,
Sem o calor dos teus abraços,
Sem o bater do teu no meu coração.
Desejo
O silêncio da tua chegada,
O teu sorriso sem palavras,
O brilho dos teus olhos,
A intimidade que nos aconchega.

17 comentários:

tanokas disse...

bonita imagem e bonitas definicoes

um beijo

provokactor disse...

Óla Minha Komandante! isso isso, expire, venha essa fragilidàde toda kà pra fóra. essas palàvras se nã fôrem ditas fikão-lhe a roer a alma e un dia é a implosão. Vênha isso pro blog k'eu leio, e sàbe, a melhor das gratidões é alguém lêr o ke você eskréve. konkordando ou nã, nã é importante, o ke konta é ser lido. Mas tenha kuidàdo nã se morfonde na sua pena...tém aí a lua(o romantismo sonhador), mas também tém o Sol, ( a força, a luz, o ver ao longe e avistar o hôrizonte, pra poder decidir vendo klàro).

Tà fixe! Mas kéro ver se a promôvo a General.
um abração provokactor

Estrela do Sul disse...

Um desejo lindo, amiguinha. Desculpa intrometer-me assim no teu blog, mas vim atras do link de alguem que me é muito querido, e no perfil apertou me a curiosidade ao ler que es dos Açores, mas só porque passei lá 11 anos da minha vida. E adoro esse povo. E pronto porque se começo a escrever nunca mais me calo.

"PAI DO CÉU cuida bem
dos meus amigos"

Um optimo fim de semana

Abraço amigo

Mario Rodrigues

LetrasAlinhadas disse...

Como sempre lúcida, cuidada, e a imagem....excelente. Um beijo
Obrigado pelas tuas visitas!!

lua prateada disse...

eu tampouco sei viver sem seu cheiro seu bramido sua fúria e doçura...
E foi assim...no sorriso do tempo
Envelhecido pelo vento!...
Mas com cara feliz por perdurar
Que passei deixando o verbo amar...
e um lindo domingo.
Beijinho prateado com carinho
SOL

Maria disse...

Este poema é Vida!
Queria poder escrevê-lo assim, mas que fosse verdadeiro....

Beijo

comecardenovo disse...

Desejo
O silêncio da tua chegada,
O teu sorriso sem palavras,
O brilho dos teus olhos,
A intimidade que nos aconchega
eu também desejo isto...

LNeves disse...

O silencio da tua chegada...

Gostei! Significa que te dá calma... Muito importante :)

***MUAH*** e bom domingo

mjf disse...

Olá!
Muito lindo e sensível este teu post...
Gostei.

Beijocas

Ka disse...

Lindíssmo este post!

A imagem é deliciosa e as palavras são belíssimas.

Beijinho :)

Estrela do Sul disse...

Amiguinha, por lapso disse no meu blog que tinham sido 9 anos, mas só em Ponta Delgada. Porque de 77 a 79 passei tambem dois anos na extinta Dadio Naval da Horta.


Vivi em Ponta Delgada, cara amiga. 9 anos. E sem dúvida é uma linda terra. E com maravilhosos habitantes.
Inspiradora e uma mulher maravilhosa, amiguinha.
Obrigado pelo apreço. E apareço sim, se for para receber mais noticias dos Açores, concerteza que apareço.

Uma optima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Nyna disse...

Brigada pela força, é bom qndo nos apoiam.
Suas palavras sao lindas... gosto.
Beijos e mta paz.

Blue Velvet disse...

Posso assinar em baixo?
É que sou igualinha.
Só não sei é dizê-lo assim:))))
Veludinhos azuis

O Profeta disse...

O mágnifico texto tão cheio de afirmações interiores...


Doce beijo

FM disse...

Vim cá deixar-te um Beijo Positivo.
E, se quiseres, regista que o SIM é muito mais interessante que o não...
Aposta do Desejo.

jguerra disse...

Olá. Venho aqui por outras portas e gostei. Belo texto, sentimentos gloriosos. Um abraço

Moira Encantada disse...

o teu maninho já não te comenta...? tens de lhe ser útil e publicitá-lo... pode ser que alguém caia no engano.