terça-feira, 15 de abril de 2008

O filme da minha vida



Um dia disseram-me: "Olha para a tua vida como se fosses espectadora de um filme. És a actriz principal. Comporta-te como gostarias de a ver representar."
Desde que me disseram estas palavras é assim que procuro proceder.
Neste momento, se rebobinar o filme da minha vida e começar a vê-lo: vejo o Sol, a terra e o mar da minha infância e início de adolescência. Depois, é como se tivesse desgravado o filme e não há nada... só um écran branco entrecortado com cenas mais felizes e outras mais tristes. Sei que se quisesse poderia colocar as cenas todas no lugar, mas não quero...não estou pronta para ver o meu passado-recente.
Depois volto a ver o filme, pressinto as cenas que não vi... delicio-me com o que vejo agora e não me pergunto como irá acabar o filme. Se o estiver sempre a fazer, não vou poder apreciar o AGORA preenchido por sentimentos de sintonia com a natureza e de prazer do contacto que tenho com quem me rodeia. O AGORA é continuar a sentir amor dentro de mim e querer dá-lo a quem o quiser recebê-lo. Amo demasiado a vida, quero saboreá-la devagar, quero deliciar-me e deixar-me surpreender com cada minuto, com cada segundo...sem pressas.
Sinto que se não for assim, a vida vai passar sem eu a ver, só porque estava preocupada com a curva da estrada e com o caminho para além da curva. Estes caminhos irei percorrê-los quando lá chegar do modo que melhor souber.
Talvez esta não seja a melhor maneira de viver, mas é a única forma como consigo viver agora.

14 comentários:

aminhacaramela disse...

Eu gosto deste viver!!! Não é fácil, mas possível!!!Eu quero também ver a minha vida como um filme!!
Beijos!! Gosto ainda mais desta sunshine! lololol

provokactor disse...

Olà! Sunsheine!
Hia woll. isto no estarr kurréto!!??
.__.

Pois é, minha kàra, se nós tivéssemos sempre as certezas jà todas prontas nas palmas das nossas mãos, pra ke nos serviría a estràda de vida???
É néla ke nós aprendemos a viver.
você levanta aki un véu, fundamental, sobre a verdadeira verdade de viver; komo assumir as decisões tomàdas e ke nos fizéran xegar a o ponto X. Uma vez a acção vivida, o "clap-clap- action" só akontéce se você decidir,en função do vivido, (experiencia)= (positivo-negativo) se kontinua a filmar, mas filmar não signifika viver. porke enkuanto você decide e ko clàp-clap espéra, a vida kontinua. este tema é bem komplexo eu vou voltar mais tarde...tà!
abraço

Treasureseeker disse...

O filme da nossa vida,infelizmente,nem sempre segue a ordem de um guião,nem contracenamos com quem mais gostaríamos,mas...há que apanhar as "deixas" da melhor maneira possível,para levarmos a projeção ao melhor destino que pudermos:à nossa capacidade de darmos amor e sermos amados.
Se não podemos ter tudo o que amamos,amemos tudo o que temos!
Só assim conseguimos brilhar neste imenso palco que é a Vida.

Beijinhos.

Patti disse...

Trabalhos de casa que devemos fazer sempre, para que a vida corra pelo lado melhor.
Pelo menos naquilo que toca ao que podemos controlar, ao que está nas nossa mãos, que se formos a ver bem, ainda é muita coisa.

Bonito post.

Nyna disse...

O gostoso é não poder ter certeza.
O que seria a vida se as sensações viessem enlatadas, sem gosto em conserva?!?

;)

carvoeirita disse...

eu acho que sim que é a melhor forma de viver a vida, longe das amarras do passado que só nos deve deixar os ensinamentos e longe dos medos e ansiedades do que o futuro nos reserva.
O Agora no seu todo, connosco perto de ti a aconchegar as curvas do teu caminho.
beijinhos

Suave Toque disse...

"Durante toda nossa vida, pessoas passam por nós,
Dia após dia,
Más somente algumas dessas pessoas ficam para sempre em nossa memória.
Essas pessoas são ditas amigas...
E as levamos para sempre em nossos corações,
As vezes pelo simples fato de terem cruzado nosso caminho,
As vezes pelo simples fato de nos terem dito uma palavra de conforto, quando precisamos,
As vezes por terem nos dado um minuto de atenção,
Nos ouvindo falar de nossas angústias, medos, vitórias, derrotas...
As vezes por terem confiado e nos terem contado também seus problemas,
Angústias, medos, vitórias e derrotas...
Isso é ser amigo, ouvir, confiar, amar,
E amigos de verdade ficam para sempre,
Longe, perto...
Assim como as pegadas na alma."

Um grande beijo e um feliz final de semana.

Elcia Belluci

Olá!! disse...

Sem filmes, tentemos viver a vida um dia de cada vez, saborea-lo bem e nunca criar demasiadas expectativas...
Viva a vida
:)))
Beijosssssssssssssss CC

Moira Encantada disse...

O que se ama não se possui; amar é também libertar, deixar partir. Como comentário, ouso fazer minhas as palavras de Mestre Caeiro.

Fico muito contente por ti, conseguiste levantar vôo. :)

Blue Velvet disse...

Se é a maneira como te sentes melhor a vivê-la agora, é a certa.
Beijinhos e bom fim-de-semana amiga

comecardenovo disse...

e cada um d enós vive como sabe e pode; já dizia aminha avó "cada um dança como sabe"

tanokas disse...

talvez seja mesmo a mlh maneira de viver =)

bigada pela ajuda .. soube bem ler

Ka disse...

Por vezes temos de nos defender e se neste momento precisas de "apagar" uns episódios para seguires em frente, então faz isso.

Lembra-te sempre que andamos cá para sermos felizes, dá é um trabalhão enorme :P

Beijinhosss e um excelente fim-de-semana

LuCe disse...

Como as palavras que proferimos têm, por vezes, um impacto inesperado. De tal forma, que se libertam de quem as pronunciou. Talvez seja isso uma oferta.