sexta-feira, 11 de julho de 2008

NÓS?

Entreabriu preguiçosamente os olhos ... os raios de Sol entravam pela janela, suavemente filtrados pelos pesados cortinados.
Os pássaros com seu cântico, a terra orvalhada eo seu cheiro a vida anunciavam o começo de um novo dia.
Sentia o agradável calor do corpo dele, deitado ali, a seu lado. Ainda dormia... enroscou o seu corpo ao dele, com cuidado para não o acordar. Fechou os olhos. O ritmo da respiração dele embalou-a ... adormeceu docemente.
Abriu os olhos! Não se ouviam pássaros, só os carros apressados lá em baixo no asfalto. Estava deitada, sózinha naquela cama imensa.

10 comentários:

sani disse...

Eu às vezes gosto da imensidão da minha cama!!! Sei que um dia esta cama vai ficar tão apertadinha de amor, sorrisos, amizade, e de beijinhos!!!
Força
Sani

Mario Rodrigues disse...

Por vezes os sonhos tambem fazer sofrer, nao e amiguinha?

“Para você o carinho...
da minha amizade”

Um lindo fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

BlueVelvet disse...

Sonhando às vezes também agarramos um pouco de felicidade.
Bons sonhos cheios de raios de sol.
Beijinhos e veludinhos azuis

João Videira Santos disse...

uma prosa poética, breve, ligeira...bonuta!

mjf disse...

Olá!
Há sonhos que se ralizam ;=)

Beijocas
Boa semana

D.Antónia Ferreirinha disse...

Pois os sonhos na dose certa, podem ser uma verdadeira delicia.
Beijinho.

Coragem disse...

Nem sempre os nossos sonhos, terminam da forma como gostariamos...Há que teimar no sonho pretendido, um dia, acordamos e está lá amarrotando os lençois ;)



Beijo

FM disse...

Há sempre uma janela. Já reparaste?
Beijos.

tanokas disse...

(suspiro)

BANDEIRAS disse...

É MUITO BOM DORMIR COM O AMADO.ADORMECER DANDO BEIJINHOS, SENTINDO O CHEIRO DELE, SE FECHARMOS OS OLHOS E MIL HOMENS NOS BEIJASSE, SABERÍAMOS IDENTIFICAR O NOSSO HOMEM, PELO SEU CHEIRO.É ÚNICO.
BJS.