terça-feira, 13 de maio de 2008

APENAS UM PONTO



Num universo complexo,

Feito de rectas e linhas curvas,

Algumas abertas outras fechadas,

Fui ponto.

Tornei-me extremidade de segmento-de-recta,

Sem saber fui vértice de triângulo

obtusângulo, provavelmente.

Saí deste mundo irracional,

Desci por uma espiral

Em velocidade crescente

Continuei ponto

Num mundo sem axiomas

Sem Teoremas nem demonstrações

Onde se aceitam as contradições

E as diferenças são benvindas.

Sou ponto

Que deu salto no vazio

Sou ponto

Parte integrante do abstracto.

13 comentários:

Patti disse...

Fantástico!

Olha, comecei a ver a matemática/geometria com outros olhos.

E pontos é só aquilo que todos nós somos, na verdade.

Digo eu, que já não tenho de fazer aqueles testes horríveis no liceu.

jasmimdomeuquintal disse...

e num ponto está a partida...

sani disse...

Simplesmente divinal!!!
Também gosto muito de escrever com a nossa Matemática!!!
Bjins
Sani

Coragem disse...

Com matemática se escreve também(ponto)


Achei fantástico este texto.

Beijo

BlueVelvet disse...

Fabuloso!
Até eu que só sei que 2 mais 2 são quatro, consegui perceber tudo o que escreveste.
E agora, parece que lhe tomaste o gosto...à poesia, quero dizer.
Dias felizes

Olá!! disse...

Maravilhoso ponto que tanto significa...

Que fazes dia 28 de Junho??? :))))

Beijosssssssssssss CC

Estrela do Sul disse...

E o que somos, a não ser pontos?
Nada mais. Poderemos parecer um universo aos olhos de outros, mas tudo é relativo.

Amigos são flores que
rego à medida das necessidades.
Que abraço forte,
sem cercear a liberdade,
que amo sem esperar
reciprocidade.
Amigos são jóias raras
e a qualquer sinal
respondo com meu amor que
é sempre incondicional.


Um optimo fim de semana

Abraço amigo

Mario Rodrigues

Mary disse...

Espectacular esta tua adaptação da matemática para a poesia!! Gostei bastante...:)
Nada como ver a vida de várias "formas"!!!!
Beijinhos para ti

Ka disse...

Fabuloso este poema matemático do amor e da vida :)

Ficamos com outra perspectiva não é?

Beijosss e um óptimo fim-de-semana

lua prateada disse...

Apenas um ponto ,que somos neste universo...

Nas amarguras da vida
Há sempre um quê de nós
Que nos avisa, que nos diz
"Como és querida"!...

Mas tais palavras são suficientes
Para não me sentir perdida.
E assim por aqui te deixo um feliz
fim de semana e um carinho de amiga.

Beijinho prateado
SOL

LNeves disse...

obtusângulo, provavelmente.

Somos tantas vezes obtusos desnecessáriamente...

***MUAH***

carvoeirita disse...

fazemos assim: damos as mãos e somos já dois pontos, corremos juntas a rir como crianças e fazemos uma longa recta cheia de saltos e sobressaltos.
Construímos rectas que só terminam quando quisermos, porque nós linda Sunshine somos e conseguiremos ser sempre o que nós quisermos!!!

O Profeta disse...

Solta nota de uma flauta
Um retrato preso à mão
Um tambor fora do compasso
Segue o bater de coração



Boa semana


Mágico beijo