sábado, 10 de maio de 2008

PRECE

Adoro ler, sempre gostei de o fazer... mas poesia nunca tinha lido. Era um preconceito, talvez devido ao que tinha lido no liceu. No Verão passado, ao ter acesso a uns poemas de Fernando Pessoa, pequei-lhe o gosto e apaixonei-me por poesia. Tenho sempre um ou mais livros na minha mesinha-de-cabeceira e antes de adormecer leio pelo menos um poema... às vezes trás-me um sono tranquilo outras nem tanto.

Comprei recentemente "Mar" de Sophia de Mello Breyner Andresen, como não podia deixar de ser, tendo em conta a relação que tenho com o mar. Nele encontrei verdadeiros tesouros e hoje apetece-me destacar um e dedicá-lo àqueles que amo :

PRECE

Que nenhuma estrela queime o teu perfil
Que nenhum deus se lembre do teu nome
Que nem o vento passe onde tu passas.
Para ti eu criarei um dia puro
Livre como o vento e repetido
Como o florir das ondas ordenadas.
De Sophia de Mello Breyner Andresen






7 comentários:

f@ disse...

Escolheste um dos melhores... mas prefiro pessoa ...não é tão controverso nem tão inquieto como parece se pensarmos bem... (para mim...) vai nessa que há poesia que nem imaginamos em beleza,... e beijinhos das nuvens

Sunshine disse...

Também prefiro Pessoa, apesar dos meus poucos conhecimentos de poesia, fernando Pessoa encantou-me como nenhum outro poeta português o conseguiu fazer.
Beijinhos

jasmimdomeuquintal disse...

Ainda bem que descobriste a poesia, entraste num mundo maravilhoso!

provokactor disse...

Olà meu ràio de sol preferido dos blogs por onde navégo!
Então o ké ka fez fikar en dia nàda? Foran as nuvéns eskuras da solidão? Ou foi o exagêro da falta de sossêgo? Ou a demasia do nàda ke nos faz por vêzes...mêdo!?

provokactor, de ventos doces e amênos, os farà aventar pro longe, essas kargas no xkuro xkondidas,
separando as brankas vestidas,
pro sol entrar e akécê-la, hoje.

vênha, mesmo kuando tà kansàda, mesmo kuando nã tà bém...
mesmo kuando nã têm, nàda...
provokactor lhe péde..nàda
venha só, ou kom o ke você têm.

un abração provokactor

Coragem disse...

Eu sempre adorei poesia,
faz-me sonhar, voar,
perder-me e encontrar.
Pessoa gosto imenso, sou fã diria. Escolheu um pequenino poema, mas de tão pequeno é grandiosamente belo.

Beijinho

Coloquei o link do seu blog, no meu espaço espero que não se importe

Olá!! disse...

A menina do mar encanta :)))


Beijosssssss

BlueVelvet disse...

Pessoa é Pessoa.
Como costumo dizer há Pessoa e os outros.
Mas esta lindíssima prece, que não conhecia, poderia rezá-la para os meus filhos.
Beijinhos lindo raio de sol