sábado, 3 de maio de 2008

PARA SEMPRE MÃE



Um dia...
Um dia nasceste em mim
Meu sangue corria nas tuas veias
Sentia teus movimentos
Parecia fazeres parte do meu corpo
Um dia...
Já teus pulmões conseguiam respirar
Fizeste força e nasceste
Puseram-te sobre mim
Meus olhos descansaram em ti
Um dia...
As tuas mãos foram tão pequeninas
Cabiam dentro das minhas
Teus olhos de anjo habitavam corpinho frágil
Tua boquinha ávida procurava meu leite
Um dia...
Segurei-te em meus braços
O calor do meu corpo aqueceu-te
O bater do teu coração renovou-me
A esperança
Um dia...
Deste passinhos inseguros
Estive lá
Para te apoiar
Se preciso fosse
Um dia...
Ouvi
Mãe, mãezinha, mamã
Palavras meigas
Que aquecem sempre meu coração
E adoçam meus dias
Hoje...
Andas
Falas
Brincas
És criança que quero feliz
Um dia...
Quererei ensinar-te a voar
Sei que não és meu
Irás escolher teu rumo
Talvez construir teu ninho
Um dia...
Independentemente das tuas escolhas
Continuarei de braços abertos
Dar-te-ei meu colo de mãe
Se ainda o quiseres.

Para os meus dois pequeninos com muito amor.

7 comentários:

Patti disse...

Que palavras tão queridas.

Feliz Dia da Mãe também para ti.

Olá!! disse...

Parabéns por seres e sentires

Dias felizes
**********

BlueVelvet disse...

Lindíssimas palavras.
Um Feliz dia da Mãe vim desejar.
Beijinhos e veludinhos

provokactor disse...

...é ke, posso falar do amor ke tenho pela mãe, ké a minha. Pois às vêzes até m'aborrêço devido ao seu incomensuràvel amor, ke m'enkavàka en certas situações...serà ke uma mãe é uma rosa ke dà botões d'amor desenkavakàdo??
um abração pra si, deste provokactor de ventos amorosos...ke sêja kontagião...

macaw disse...

Parabéns mãezinha!

agora, desafio no meu planeta! :P

bjinhos ;)

LuCe disse...

:) três beijinhos (um para ti, e dois para os pucunitos!)

Mary disse...

Lindo, lindo e lindo este poema!!!
Parabéns...quando se ama de uma forma tão pura...só se pode ser muuuuito feliz :)))
Beijinhos grandes