terça-feira, 10 de junho de 2008

MULHER SEM RAZÃO

Saia dessa vida de migalhas
Desses homens que te tratam
Como um vento que passou

Caia na realidade, fada
Olha bem na minha cara
E confessa que gostou
Do meu papo bom
Do meu jeito são
Do meu sarro, do meu som
Dos meus toques pra você mudar
Mulher sem razão
Ouve o teu homem
Ouve o teu coração
Ao cair da tarde
Ouve aquela canção
Que não toca no rádio
Pára de fingir que não repara
Nas verdades que eu te falo
Dê um pouco de atenção
Parta, pegue num avião, reparta
Sonhar só não dá em nada
É uma festa na prisão
Nosso tempo é bom
E nós temos de montão
Deixa eu te levar então
Pra onde eu sei que a gente vai brilhar
(...)

(Letra extraída do álbum MARÉ de Adriana Calcanhotto, que tive o prazer de ver e ouvir aqui no meio do Atlântico)

6 comentários:

Coragem disse...

Também gosto de ouvir a voz de Adriana Calcanhoto, as letras, quase todas elas fantásticas, esta é sem duvida uma delas.

Beijo

Sónia Figueiredo disse...

Quero agradecer muito a visita e o comentário :) fico muito feliz pela opinião :) obrigada*

Sunshine disse...

Obrigada Sun pelas palavras de carinho.
Ando um pouco triste com a vida e não tenho tido vontade de nada, por isso o incentivo é sempre um carinho que sabe bem receber.

Estive a ler os post anteriores, qual deles o mais bonito, e aqui te deixo o meu aplauso... são lindos ...

Bjinho e um bom resto de semana

PS: tb gosto mt da adriana

jasmimdomeuquintal disse...

Não conhecia mas é muito bonito. Gosto muito de Adriana.
Boa semana.

Paula disse...

Lindo blog!

Parabéns pelo bonito espaço!

Abraço

LNeves disse...

Tanta mulher que praí anda sem amor proprio!!!

***MUAH***