terça-feira, 17 de junho de 2008

NÓS


Juntos
Ganhamos asas
Voamos
No azul celeste
Naquele céu só nosso
Cheira a sonho
E as nossas asas tocam-se
Num instante
Eterno em nossos corações

13 comentários:

Estrela do Sul disse...

Lindo quando dois coraçoes voam, amiguinha.

"Amizade verdadeira é
difícil de encontrar,
díficil de largar e,
impossível de esquecer"

Uma óptima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Canephora disse...

Voando juntos
como um biplano,
asa que suporta a asa
num único movimento
voamos....

Gostei do teu poema.
E vou passear por aqui... acho que gostei do que já li...

Patti disse...

Há realmente céus só nossos.

provokactor disse...

...pois...
xkéceste-te...de viver.

Não têmas furores da vida,
ka vida é generosa, kuando abraçàda.

Coragem disse...

Para mim o cheiro não basta, eu sonharia mesmo.

Beijo

Sunshine disse...

Linda essa imagem e as palavras que a envolvem ...

Voar junto ... um sonho que nem sempre se realiza.

Em relação ás Certezas ... a mim tb a vida tirou as que pensava ter ... eram poucas, mas eram a minha base, agora não sei como ... mas irei continuar ...

Há momentos que não se repetem nunca mais ... até porque perdiam a magia daquele preciso momento ... pena é que se transformem num "imnenuendo"

Bjs com muito carinho ;)

Sunshine disse...

Linda essa imagem e as palavras que a envolvem ...

Voar junto ... um sonho que nem sempre se realiza.

Em relação ás Certezas ... a mim tb a vida tirou as que pensava ter ... eram poucas, mas eram a minha base, agora não sei como ... mas irei continuar ...

Há momentos que não se repetem nunca mais ... até porque perdiam a magia daquele preciso momento ... pena é que se transformem num "Imnenuendo"

Bjs com nuitooooo carinhooooo!!!!

provokactor disse...

...és o sol mais xpontâneo ke konheço(na imaginação).
gósto...até kuando te lei-o, por vêzes, tenho un pressentimento ke o xpontâneo me puxa os kantos dos làbios d'orelha a orelha, obrigando-me a solrir...
felicidàdes provokactoras

port xkriphum
este é propositàdo; nós na xkrita,
e a xkrita sém nós, seria uma korda sém violino, tal uma vida sós.

Maria disse...

Às vezes basta um "toque de asa"...
:)))

Beijos

LuCe disse...

Como a Maria sugeriu, muitas vezes falta apenas "o golpe de asa", como mário de sá-carneiro tão bem percebeu.

tanokas disse...

sunshine :
lolol.. o url é aquela "endereco electroniko" se assim se pode chamar que esta ao lado direito em cima numa caixa =) espero que ajude ..bjinhos

R Lima disse...

Que bom conjugar verbos do nós.

Bjs moça,




Texto de hoje: mÓbiLe...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

BANDEIRAS disse...

Querida amiga,

" A amizade cincera é um santo remédio, um abrigo seguro."
Um ótimo dia para você
bjs